quinta-feira, 29 de agosto de 2013

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Os "holocaustos" que não devem ser esquecidos.

        Ontem eu estava buscando em um de meus cadernos para a posteridade (um caderno onde  guardo todos os artigos impressos, recortes de revistas e jornais que acredito que devam ser guardados) artigos e acontecimentos que denunciam o que considero  holocaustos   e que algumas vezes  passam despercebidos , quando não deveriam passar. Há coisas que não devem ser esquecidas e jogadas para baixo do tapete. Enquanto eu puder falar e mostrar, o farei . É o mínimo que posso fazer.




Linhagem Real e o Santo Graal - Laura Botelho

Para quem ainda não leu:
O amor que você retém é a dor que você carrega
Ralph Waldo Emmerson

Estamos vendo mais UFOs (OVNIs) diariamente, por que?
Eles não estão “chegando” de outro planeta ou simplesmente aparecendo do nada. Eles estão se exibindo pra a gente.

A imagem do computador é composta de lotes de pequenos pontos chamados Pixels. Quando visto de uma distância razoável, nosso cérebro pode juntar todos esses pontos e percebê-los como uma única imagem. Esta imagem singular é chamada de Frame.

O olho humano capta em média (de pessoa a pessoa) 24 a 30 frames por segundo, então uma imagem perfeita tem 24 frames por segundo totalmente bem distribuindo entre 1 segundo. Devem existir ao menos 12 frames por segundo para que exista a sensação de movimento. Quanto mais frames por segundo, mais perfeita é essa sensação de movimento. Este mecanismo é a maneira pela qual a TV, filmes, vídeos e monitores de computador transportam a informação.

Mais sobre Fukushima

 Eu tenho acompanhado pelo Facebook e twitter os acontecimentos em Fukushima que merecem a nossa atenção.
A mídia não mostra mas o assunto é sério e até onde pude acompanhar já há inúmeros artigos falando que o pacífico já está sofrendo com a contaminação. Seguem os links para duas notícias e um texto. Incentivo a todos a pesquisarem mais sobre esse e todos os demais assuntos pois tem muita coisa acontecendo no mundo e que não devem passar desapercebidas. Pesquisem, ainda há muita informação sobre isso e vários outros assuntos na net.

- Se não esfriar, Fukushima pode explodir e causar o maior desastre nuclear da história

E bem legal também:

-  Um texto peculiar sobre Fukushima

Uma  Crise não dita de Radiação Nuclear  Global

Abraços. 

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

PLANETA X: NIBIRU É FINALMENTE RECONHECIDO E MENCIONADO NA CNN

Primeiro, gostaria de pedir desculpas pelo sumiço. Estou com muito material para postar, mas me falta tempo!!! O que eu posso, compartilho no facebook mas venho lendo muitos livros e preciso sentar para fazer um post com essas informações e não estou conseguindo. Acabei de ler essa notícia, e achei importante postar aqui pois já faz algum tempo que expomos esse assunto que está muito além de um planeta primitivo do filme Star Trek. É necessário estudar sobre isso, sobre anunnakis, antigo Egito antigo, Jesuítas dentre outras muitas outras coisas pois o "tempo" urge ... Deixo o artigo que li no blog Verdade mundial:
Apesar da enorme pressão, a verdade finalmente chegou a CNN. Apesar da censura, e até mesmo por um breve tempo de 32 segundo no ar, a CNN chamou a atenção de céticos, mesmo daqueles que não querem que esta informação venha à tona.
O vídeo está em Inglês aqui.
nibA questão do reconhecimento de Nibiru ou o Planeta X é extremamente importante porque até agora não havia dados disponíveis para o público em geral sobre o assunto. Mas agora, com clareza a CNN falou sobre o fato de que a anã marrom encontrada no sistema solar exterior tem como um de seus satélites (ou planetas) o famoso Nibiru, que está movendo cometas em nosso sistema.
Lembre-se que a grande descoberta do nosso tempo é que o nosso sistema solar faz parte de um sistema binário, ou seja, o nosso sol é uma estrela. Uma anã marrom, que a cada 3.600 anos a órbita elíptica cruza perpendicular aos outros planetas das órbitas do sistema solar Kuiper por correia e, em seguida, a correia de asteróides (entre Marte e Júpiter), de modo que o arco (rota de ciclo orbital) a partir da entrada para a saída da referida fita (asteróides) dura cerca de quatro anos.

Nossos visitantes!